Saúde Integral

26/09/2016 08h00

Como bactérias criam resistência a antibióticos?

Entenda como isso acontece e as formas de aumentar sua imunidade naturalmente

Por Nosso Bem Estar

Arquivo Nosso Bem Estar
Pill

Antibióticos são compostos químicos ou naturais que atuam promovendo a morte de agentes causadores de doenças, como as bactérias

Os antibióticos são remédios que matam vírus e bactérias que causam doenças. Porém, por diversas razões, as bactérias criam resistência a antibióticos. Entenda por que.

O que são antibióticos?

Antibióticos são compostos químicos ou naturais que atuam promovendo a morte de agentes causadores de doenças, como as bactérias. Porém, elas podem criar resistência ao remédio, provocando mutações genéticas e criando tolerância ao medicamento.

Essa tolerância é causada sempre em benefício da bactéria, nunca do organismo. Assim, as alterações fazem com que o agente bacteriano sobreviva mesmo quando a pessoa é medicada com antibióticos. Há crescimento da população de bactérias que não só sobrevivem, mas sofrem mutações e ficam mais resistentes.

Como as bactérias se tornam resistentes?

Ninguém quer ficar resistente às bactérias. Como isso acontece? Quando alguém precisa tomar medicamentos dessa classe, algumas bactérias mais sensíveis são mortas, mas outras criam resistência ao antibiótico por serem tolerantes a ele, gerando crescimento e multiplicação.

A principal causa dessa tolerância é o uso repetitivo e inapropriado de medicamentos para combater bactérias. Os antibióticos são remédios para tratar bactérias e vírus, mas não são eficazes para combater gripe, resfriado e dor de garganta.

Muitas pessoas não sabem disso e fazem uso dos medicamentos antibióticos por conta própria, principalmente para combater as doenças citadas acima. Dessa forma, as bactérias resistentes se alastram e é preciso administrar outras soluções para promover a cura.

Como prevenir essa resistência?

Portanto, em caso de doença, a recomendação é procurar um médico e evitar a automedicação. Ele é o profissional indicado para prescrever receitas médicas, bem como a forma correta de tomar os remédios. Assim, o organismo não cria resistência a antibióticos.

O uso de antibióticos só deverá ser feito para casos em que eles serão realmente benéficos. Para gripes ou resfriados, devem ser evitados. Além disso, quando receitados, esses medicamentos precisam ser tomados no período indicado pelo profissional de saúde, bem como nos horários certos.

Encerrar a medicação antes do prazo ou não cuidar dos horários (não agendando as horas no celular, por exemplo), pode fazer com que o risco de criar resistência a antibióticos seja maior.

Aumentando a imunidade com antibióticos naturais

A natureza é rica em ingredientes com propriedades curativas, combatendo e prevenindo vírus ou bactérias. Conheça as alternativas saudáveis e naturais para manter sua imunidade alta.

O alho é um remédio natural com poder curativo. Ele protege o coração, a pressão arterial e combate infecções de pele. Você pode consumi-lo, especialmente, nos temperos dos alimentos, que ficarão com um sabor todo especial.

Juntamente com o alho, a cebola é outro tempero que serve como medicamento contra as bactérias. Ela favorece a eliminação de impurezas pela urina, purificando o corpo. Além disso, a cebola age melhorando a circulação sanguínea, constipações, dor de garganta e gripe.

A flor Echinacea é muito utilizada para fortalecer o sistema imunológico, prevenindo gripes e resfriados. Porém, seu uso é ainda mais indicado para problemas respiratórios como a tosse. Outra recomendação: usá-la para problemas no sistema urinário.

O abacate é um potente antibiótico, especialmente para bactérias do tipo estafilococos. O melhor tipo é o chileno, característico da floresta tropical sul-americana. Além disso, protege também o coração.

Você deve conhecer o chá verde como potente emagrecedor, já que é desintoxicante. Contudo, ele também é ótimo para combater bactérias, principalmente do tipo Streptococcus e E. Coli. Essa bebida ainda é eficaz para prevenir o câncer, especialmente o de pele.

Outro item considerado emagrecedor e amigo da saúde: o gengibre. Utilizado na infusão, previne gripe, resfriado, tosse e dor de garganta, além de possuir propriedades anticancerígenas. O gengibre pode ser consumido seco, em pó ou in natura.

Falou em orégano, pensou em pizza. Mas o condimento recomendado na culinária é rico em muitas propriedades medicinais (anti-inflamatório, antibiótico, analgésico, antisséptico e antiespasmódico). Pense sempre no orégano para aumentar sua imunidade, principalmente quando o problema for respiratório.

A canela também faz parte dos alimentos termogênicos (que aceleram o metabolismo e podem auxiliar no emagrecimento). Acontece que ela é um antibacteriano natural, atuando nas cólicas menstruais, reduzindo as dores artríticas, regulando o açúcar no sangue, combatendo resfriado e dor de garganta.

Agora que você já sabe como as bactérias criam resistência a antibióticos, use-os corretamente, sempre com recomendação médica. E guarde nossas dicas, esses ingredientes naturais podem evitar que você precise recorrer aos medicamentos.

X