Planeta

27/01/2014 14h22

Reservas particulares na mata atlântica aumentam 80% em dez anos

Números refletem o resultado do trabalho de incentivo à conservação

Por Nosso Bem Estar

ALEXANDRE TEIXEIRA DE FIGUEIREDO/ SOS MATA ATLÂNTICA/ NBE
Futura rppn tabaroa cr%c3%a9dito alexandre teixeira de figueiredo 614x406

Áreas de proteção garantem qualidade de vida a muitas espécies

Que tal destinar parte das suas terras para preservar a biodiversidade, garantindo qualidade de vida a diversas espécies? Parece pouco provável, mas as pesquisas apontam que muitos já estão fazendo esta escolha. O número de propriedades particulares na mata atlântica transformadas em reservas por iniciativa dos próprios donos aumentou 80% nos últimos dez anos.

Os dados refletem o resultado do trabalho das ONGs Conservação Internacional e Fundação SOS Mata Atlântica, que possuem estimulam a proteção da floresta em propriedades privadas. O Programa de Incentivo às Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) completou dez anos com indicadores bastante expressivos: mais de 57 mil hectares (o equivalente a 69 mil campos de futebol) protegidos.

Saiba mais sobre o programa de incentivo às reservas particulares neste vídeo:

Desde 2011, tramita no Congresso Nacional o projeto de Lei nº 2532, que define o dia 31 de janeiro como o Dia Nacional das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs).  A data proposta marca a publicação do primeiro decreto que instituiu a figura da RPPN na legislação brasileira.

Fonte: SOS Mata Atlântica - www.sosma.org.br, Conservação Internacional - www.conservacao.org.br

X