Bem-estar

30/05/2016 09h00

Exercícios físicos x poluição

Existem muitos perigos em fazer exercícios físicos em ambientes onde há alto índice de poluição, podendo prejudicar sua saúde em vez de trazer benefícios.

Por Nosso Bem Estar

Arquivo Nosso Bem Estar
Running in the morning 1538848

As atividades ao ar livre podem ser benéficas, desde que o índice de poluição do local não seja alto.

Os exercícios físicos são essenciais para a manutenção de nossa saúde. Porém, é preciso verificar a situação de poluição do local, pois, dessa forma, os prejuízos podem ser maiores do que os benefícios. Aprenda, a seguir, as melhores formas de se exercitar.

Atividades ao ar livre

As atividades ao ar livre podem ser benéficas, desde que o índice de poluição do local não seja alto. Correr, caminhar ou andar de bicicleta em ambientes abertos, em vez de procurar academias, foi a solução encontrada por muitas pessoas para se manterem saudáveis.

Contudo, essa atitude pode prejudicar sua saúde, caso as atividades físicas sejam praticadas em grandes avenidas, por exemplo, devido a um risco invisível: a poluição.

O ar poluído pode entrar nos pulmões durante a realização dos exercícios físicos, prejudicando imediatamente a respiração. Assim, o rendimento é afetado, já que a pessoa está inalando gás carbônico quando deveria expirá-lo, não recebendo oxigênio para os músculos, coração e pulmões.

A situação piora quando o corpo procura oxigênio no ar, fazendo com que a pessoa inale ainda mais poluição. Aumentando-se a intensidade do exercício, também respiramos pela boca, assim o gás carbônico entrará não somente pelo nariz, mas igualmente via oral.

Quando entra pela boca, o ar não é filtrado pelo nariz, atingindo as vias respiratórias, podendo provocar inflamações nesses órgãos. Essa consequência nem sempre acontece, apesar de ser comum; mas o que frequentemente ocorre são estes sintomas derivados da poluição: olhos vermelhos, cansaço, tontura e queda de rendimento.

Essas doenças citadas acima tiveram seus índices aumentados consideravelmente nos últimos anos, principalmente a bronquite, a rinite alérgica, a pneumonia, entre outras doenças pulmonares, incluindo o câncer de pulmão, que aumentou os riscos em 30%.

Em casa ou na academia

As academias são excelentes locais para treino, já que são ambientes sem poluição do ar e com acompanhamento de treinadores. Porém, se você não deseja pagar mensalidades para frequentar esse local, pode praticar exercícios físicos em casa.

É recomendável seguir todos os cuidados que se tomaria para a realização de exercícios físicos fora de casa. Isso é, devem-se usar roupas confortáveis, que favoreçam a transpiração, e tênis apropriado, com meias.

Se você se expuser ao ar livre, use boné ou chapéu, óculos de sol e protetor solar, tendo uma garrafa de água sempre à mão.

Algumas dicas de exercícios aeróbicos para fazer em casa: pular corda, subir e descer escadas, dançar, saltar, natação (se tiver uma piscina), entre outros. Se desejar, você pode adquirir aparelhos e equipamentos específicos, como esteira, elíptico, bicicleta ergométrica, cama elástica para jump, base para step etc.

Os exercícios físicos de musculação também podem ser improvisados em casa. Você pode trabalhar todos os músculos do corpo, alguns sem acessório algum, como agachamento, flexões, abdominais, passadas, entre outros. Mas, claro, só se exercite com segurança.

Você conheceu formas de fazer exercícios físicos em casa, na academia ou ao ar livre, minimizando os riscos de ficar doente devido à poluição comum nas grandes cidades, especialmente quando há alto tráfego de veículos. Agora não terá mais desculpas para não se exercitar.

X