Planeta

01/03/2016 11h34

Cosméticos que não agridem a natureza

Conheça os benefícios e os princípios desses produtos orgânicos

Por Nosso Bem Estar

Arquivo Nosso Bem Estar
Natural cosmetics 1

Atualmente já são produzidos cosméticos orgânicos que são benéficos para a pele e também para a natureza.

Produtos orgânicos estão na moda. É cada vez maior a diversidade desse tipo de mercadoria, podem ser alimentos, sacolas, vestuários e agora a moda chegou até os cosméticos. Isso mesmo, atualmente já são produzidos cosméticos orgânicos que são benéficos para a pele e também para a natureza. Confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre essa verdadeira revolução no universo da beleza.

O que são cosméticos orgânicos?

Para que sejam considerados orgânicos, os cosméticos devem conter matérias-primas igualmente de origem orgânica. A certificação desse material geralmente é feita pelas empresas IBD ou ECOCERT, que analisam diversas etapas de produção, como embalagem, cadeia de produção, geração de resíduos, baixo consumo de água e energia, realização de testes laboratoriais sem animais e compatibilidade com a pele. Para realmente serem considerados orgânicos, os cosméticos necessitam apresentar pelo menos 95% de ingredientes orgânicos em sua composição, excluindo-se a água e o sal desse cálculo.

De acordo com as empresas certificadoras, os cosméticos orgânicos são totalmente livres de substâncias como:

  • Corantes, conservantes e fragrâncias sintéticas;
  • Polietilenoglicóis;
  • Quaternários de amônio;
  • Derivados de petróleo, como silicone e óleos minerais.

 

Vantagens à saúde 

Os cosméticos orgânicos não agridem a pele de quem os usa, pois utilizam resíduos mais suaves do que os da indústria tradicional, ou seja, derivados do petróleo e geneticamente modificados estão fora de suas composições. Apesar de serem mais caros que os cosméticos tradicionais, os orgânicos possuem menor probabilidade de ocasionarem uma alergia, além de possuírem qualidade superior aos tradicionais.

Benefícios à natureza

A fabricação de cosméticos orgânicos é basicamente toda sustentável e o pensamento no bem-estar do planeta é um dos focos principais da produção. Para sua elaboração são utilizados menos recursos naturais, como água e energia elétrica, por exemplo. No que diz respeito ao descarte, os cosméticos orgânicos possuem matérias-primas e embalagens biodegradáveis, e dessa forma podem ser descartados em lixo comum, embora seja importante ler o rótulo para saber qual é o destino final mais apropriado para o produto.

Mais respeito aos animais

O leite e seus derivados utilizados na produção de cosméticos orgânicos não são adquiridos através de maus tratos animais. Além disso, os testes dermatológicos também não ocorrem em animais, e sim em membranas dermatológicas e até mesmo em humanos, uma vez que 95% dos seus componentes são de origem vegetal.

Embora a procura por esse tipo de produto ser ainda bastante tímida no Brasil, mercados internacionais como Europa, EUA e Ásia possuem um mercado de cosméticos orgânicos bastante movimentado, e a procura por esse tipo de produtos cresce cerca de 20% ao ano.

Quem usa pela primeira vez pode estranhar e demorar para se adaptar. Eles não fazem tanta espuma como os convencionais, muitas pessoas até mesmo acham que não funcionam, mas com o passar do tempo os resultados podem ser vistos, tanto na pele que se torna mais hidratada devida à grande presença de óleos vegetais, como nos cabelos, pela ausência de conservantes. Quem começa a usar os cosméticos orgânicos dificilmente volta a utilizar os convencionais, e uma vez que são benéficos ao planeta, aos animais e aos humanos, o uso desse tipo de cosméticos deve mesmo ser estimulado.

E você, conhecia os benefícios dos cosméticos orgânicos? Gostou do texto? Que tal compartilhar e divulgar a informação nas suas redes sociais?

 

X