Saúde Integral

21/01/2016 09h51

Diferença entre HIV e AIDS

A conscientização sobre a diferença entre a AIDS e o HIV é essencial para compreender como o vírus atua no organismo

Por Nosso Bem Estar

Arquivo Nosso Bem Estar
Hiv aids

Estamos no ano de 2016 e ainda existem pessoas que não sabem a diferença entre HIV e AIDS.

Estamos no ano de 2016 e ainda existem pessoas que não sabem a diferença entre HIV e AIDS. As siglas, como todos sabem, estão intimamente ligadas, porém existe uma grande diferença entre ambas. Se você ainda possui dúvidas sobre o tema, o post de hoje vai esclarecê-las. Confira.  

HIV

O HIV é o Vírus da Imunodeficiência Humana, ou seja, o causador da AIDS. Esse vírus se instala nas células do sistema imune, que são responsáveis pela defesa do organismo, até chegar às células de defesa mais potentes: os linfócitos TCD4.

Os linfócitos TCD4 são as células que comandam as respostas específicas do corpo humano, ou seja, são responsáveis pelo reconhecimento de qualquer agente invasor do organismo, sejam bactérias, vírus ou fungos. O HIV ataca diretamente os linfócitos TCD4, e com essas células de defesa totalmente fora de combate, o vírus se multiplica pelo organismo da pessoa infectada e a deixa sem qualquer tipo de defesa imunológica, tornando-a vulnerável a qualquer agente invasor.

AIDS

AIDS é a sigla em inglês (em português é SIDA, cujo significado é Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). A doença é manifestada após o organismo ser infectado pelo HIV e acaba com a habilidade do organismo em se defender de qualquer agente invasor. A AIDS ocorre pela infecção do HIV, porém antes da doença se instalar, o vírus necessita passar por um período de incubação. Durante esse período não há nenhuma manifestação de sintomas da doença, sendo assim, a pessoa pode ser portadora do vírus HIV e não ter AIDS.

Diferença entre HIV e AIDS

O HIV é o vírus que ataca o sistema imune humano e a AIDS é a patologia ocasionada por esse vírus. O paciente só será considerado com AIDS quando sua taxa de linfócitos TCD4 for inferior a 200 unidades por mm³ de sangue – um adulto saudável possui cerca de 800 a 1.300 linfócitos TCD4/mm³ de sangue.

Enquanto não ocorrer essa queda na taxa de linfócitos TCD4, o paciente pode não apresentar quaisquer sintomas de que possui AIDS.

Principais Sintomas

Os sintomas mais clássicos de quem tem AIDS são diarreias prolongadas, fraqueza, febre sem motivo aparente e principalmente perda de peso. A AIDS é classificada em duas fases:

  • Fase sintomática inicial
  • Fase de Infecção Aguda

Durante a fase sintomática inicial, é possível observar o aparecimento de gânglios nos pescoços, virilhas e axilas, além de constante sensação de cansaço, sudorese noturna, diarreia, febre e diminuição de mais de 10% do peso corporal total.

Já na fase de infecção aguda, relatam-se dores musculares, náuseas, vômitos, sensibilidade à luminosidade, feridas na boca, esôfago e em órgãos genitais, aparecimento de manchas sem causas e muita falta de apetite.

Transmissão e prevenção

O HIV/AIDS é transmitido(a) das seguintes formas:

  • Sexo oral, vaginal ou anal sem camisinha;
  • Compartilhamento de objetos que furam ou cortam, como seringas, agulhas e tesouras sem esterilização;
  • Transfusões sanguíneas com sangue contaminado;
  • Infecção da mãe para o bebê durante o parto ou amamentação.

Sabendo quais são as principais formas de transmissão, os melhores meios de proteção são:

  • Uso de preservativo durante qualquer tipo de relação sexual;
  • Não compartilhamento de agulhas, seringas, tesouras e demais objetos perfuro cortantes;
  • Realização de testes prévios no sangue a ser transfundido;
  • Realização de pré-natal em gestantes infectadas e não infectadas.

 

Tratamento

Infelizmente a AIDS ainda não possui cura, porém os portadores HIV no Brasil possuem tratamento gratuito, oferecido pelo governo. Atualmente são distribuídos 15 medicamentos no SUS, que têm o poder de retardar o aparecimento da AIDS, além de reduzir a carga viral do HIV, proporcionando uma melhor qualidade vida às pessoas infectadas.

Agora que você já sabe a diferença entre HIV e AIDS que tal compartilhar esse texto para que mais pessoas também aprendam a diferença? 

X