Saúde Integral

28/04/2015 09h43

Os sabores da Flor de Lótus

Um alimento sagrado indicado para muitos problemas de saúde

Por Nosso Bem Estar

anilakduygu/IStock/NBE
Istock 000008949883large

Experimente os sabores deste alimento sagrado

A Flor de lótus é reverenciada nos países asiáticos, por nascer no lodo e por nunca se manchar com o mesmo! Comparam a vida das pessoas com lótus... Se tem lodo, tem possibilidade de uma linda flor de lótus.

Mas o que poucos sabem é que  a planta como um todo (folhas, sementes, raízes) pode ser utilizada como alimento e também são indicadas para muitos problemas de saúde.  Atualmente teríamos muita dificuldade de encontrar a planta inteira, mas as raízes já é possível encontrar.

Assim como a flor, a raiz é muito linda, quando cortamos vemos que seu formato é muito semelhante com os alvéolos pulmonares. Podemos analisar seu formato com a capacidade de respiração e circulação  que esta planta desenvolveu.

A raiz pode ser preparada de varias maneiras e é muito usada na culinária oriental. É  excelente para combater a tosse e outros sintomas do sistema respiratório. O Sumo da raiz é indicado inclusive para casos de hemorragias.

O chá da raiz de lotus pode ser utilizado contra a gripe, resfriado com tosse, bem como para problemas de dilatação cardíaca.  Este chá também  pode ser empregado em gargarejos para tratar a dor de garganta, em duchas para os casos de leucorreia, e em uso externo no tratamento das úlceras ou muito diluída, em banho ocular. Internamente, tem uma ação tônica cardíaca sedante, e é muito benéfica em caso de espermatorreia. 

O sumo é usado contra a hemoptise (eliminação de sangue pela boca, de origem pulmonar), hematêmese (vômito de sangue oriundo de hemorragia gástrica). Age também eficazmente no caso de hemorragia intestinal e renal. Nas hemorragias uterinas, especialmente após o parto, o sumo de raiz de lotus atua como verdadeiro hemostatico de ação indireta. Também é muito efetiva no caso de gripes com tosse.

Os princípios ativos encontrados na lotus são: os alcaloides, especialmente a nufarina; taninos, como o acido tânico de ninfea; um cardenólido, a nifalina; mucilagem, etc.  

O período que encontramos com mais facilidade a raiz  é no outono e no inverno. Podemos secar, ou comprar seca para utilizar nas outras épocas do ano, tanto para chá, como para alimento.  A Planta pode ser cultivada em tanques ou lagos não muito profundos. Na primavera é época do plantio, no verão das flores. 

RECEITAS

RAIZ DE LOTUS REFOGADA

Ingredientes:
    300 gramas de lótus
    1 colher de sopa de óleo de gergelim
    shoyu (sempre shoyu sem açúcar e sem conservante)

Modo de preparo:  
Corte a raiz de lótus em rodelas, com 7mm de espessura. Esquente a panela comum grossa, unte com óleo e refogue a lotus, caso ela grude um pouco no fundo da panela é só retirar a panela do fogo que ela solta com mais facilidade, depois de descolar volte novamente ao fogo e complete o refogamento. Coloque água até cobrir e cozinhe em fogo forte e tampada até ferver, depois reduza o fogo para médio e  retire a tampa. Quando estiver macia tempere com shoyu e continue cozinhando até o caldo quase secar.Se você gostar mais mole, cozinhe mais ou use a panela de pressão. 


SUMO:
Ralar uma raiz pequena ou metade de uma raiz,  espremer num pano fino ou passar numa peneira bem fina, acrescentar uma pitada de sal ou umas gotinhas de shoyu .. Pode ser tomado cru,  aquecer em banho-maria  para que não cozinhe e assim tomar quentinho, Em caso de tosse com muco  acrescentar gotinhas de sumo de gengibre.


CHÁ:
5 a 7 fatias de lótus seca (em torno de 15 gramas).
1 litro de água litro de água
1 pitada de sal, ou umas gotinhas  de  shoyu
Ferver em fogo bem baixinho até reduzir pela metade.   Em caso de tosse com muco acrescentar gotinhas de sumo de gengibre.

Fonte: Restaurante Jacarandá


 

X