Bem-estar

28/01/2015 12h18

Dicas de aromaterapia para pessoas ciumentas

Aprenda a lidar melhor com este sentimento com auxílio da aromaterapia

Por Nosso Bem Estar

JPC-PROD/IStock/NBE
Istock 000027590849large

Mais aromas, menos ciúmes

O ciúme dói nos cotovelos / Na raiz dos cabelos / Gela a sola dos pés / Faz os músculos ficarem moles / E o estômago vão e sem fome. Controverso, polêmico e visceral, o ciúmes assola a quietude interior de muitas pessoas. A música de Caetano Veloso retrata bem a natureza conturbada deste sentimento.

Ninguém gosta de sentir ciúmes. Mas quem nunca sentiu? Geralmente provocado pela sensação de posse ou apego, o ciúme pode ser apenas o sintoma de outras questões emocionais, como falta de confiança em si e baixa autoestima.

A parte boa da história é que a aromaterapia pode ser uma grande aliada para lidar com este sentimento. Baseada no fato de que há uma ligação direta entre o olfato e a nossa região límbica, a aromaterapia atua em nossas emoções.

O Sistema límbico é uma espécie de central emocional do cérebro. Assim, a absorção dos aromas, no caso da aromaterapia dos óleos essenciais, dispara neuroquímicos específicos que podem ter ação sedativa, relaxante, estimulante, ou mesmo de euforia. É por isso que determinados cheiros podem trazer memórias e recordações do passado.

Mas vamos ao que interessa! A seguir, uma lista preparada pela terapueta Solange Lima.


    Óleo essencial de Litsea Cubeba - Tem o aroma intenso e forte, e muitas vezes é confundido com o aroma de capim limão ou capim cidreira. Esse óleo clareia a mente e resgata a autoestima, ajudando a combater e lidar com o ciúme, principalmente nos casos mais extremos. É muito indicado para as pessoas que estão perdidas em suas emoções, pois transforma a rigidez dos sentimentos e oferece mais flexibilidade e segurança nos relacionamentos.

    Óleo essencial de Ylang Ylang - É um aroma exótico, famoso por ser afrodisíaco e antidepressivo, mas também é excelente para trabalhar ciúme, egoísmo e medos. O óleo ajuda a resgatar a autoestima, especialmente quando a pessoa tem sentimentos de inferioridade.

    Óleo essencial de Pau Rosa - É um óleo tipicamente brasileiro, que trabalha a flexiblidade, a vontade de ser feliz e a aceitação de si mesmo. É ideal para pessoas muito críticas, que julgam demais os outros.

    Óleo essencial de Rosas - De aroma forte, é um dos óleos mais sofisticados e caros da Aromaterapia, mas de excelente resultado para trabalhar inseguranças, medos e emoções desequilibradas, pois resgata a autoestima e a confiança.

Como usar os óleos

Para fazer uso dos benefícios dos óleos, escolha dois deles e pingue 3 gotas de cada um no difusor elétrico de tomada, ou use 2 gotas no difusor pessoal.

Outra opção é fazer um spray ambiental para ajudar a trabalhar todas essas questões. Para 60 ml de álcool de cereais, utilize 4 gotas de óleo essencial de Litsea Cubeba, 14 gotas de óleo essencial de Pau Rosa, 4 gotas de óleo essencial de Ylang Ylang e 2 gotas do óleo essencial de Rosas. Misture tudo em um recipiente e coloque em um frasco pet com borrifador. Borrife sempre que achar necessário nos ambientes.

Em caso de dúvidas, consulte sempre um aromaterapeuta que é o profissional que pode lhe ajudar na escolha dos óleos essenciais.

Fonte: Personare

X