Saúde Integral

13/08/2020 15h07

Riquezas do Milho

Os registros mais antigos do cultivo do milho foram encontrados em pequenas ilhas próximas ao litoral do México e datam de mais de 7.000 anos.

Por Nosso Bem Estar

Nosso Bem Estar
Gs ago corn 3740970 1920

Riquezas do Milho

Civilizações importantes ao longo da história, os Olmecas, Maias, Astecas, Incas, Guaranis e outras etnias na América do Sul tinham o milho na base de sua alimentação e reverenciavam o cereal na arte e na religião.

Com as grandes navegações do século XVI e o início do processo de colonização do continente americano, o “cereal das Américas” se expandiu para outras partes do mundo. Quando os imigrantes italianos do norte da Itália chegaram no Brasil, no século XIX, o milho já fazia parte de sua culinária e a polenta virou a base de sua alimentação no novo mundo. Outras etnias também incorporaram o milho em diferentes preparos.

Hoje em dia são conhecidas aproximadamente 150 espécies de milho com grande variedade de formato de grãos e cores. No Brasil, temos 28 variedades disponíveis para plantação, classificados em cinco tipos: duro, mole, pipoca, dentado e doce.

Atualmente somente cerca de 5% da produção brasileira se destina ao consumo humano e, mesmo assim, de maneira indireta na composição de outros produtos, já que a maior parte de sua produção utilizada para a alimentação animal.

BENEFÍCIOS

O milho é um dos alimentos mais nutritivos que existem. Puro ou como ingrediente de outros produtos, é uma importante fonte energética. Cada cem gramas do milho em grão contém aproximadamente 360 kcal – o que representa perto de 20% da necessidade calórica de um adulto, em torno de 2.100 kcal diárias. Com alto conteúdo de melatonina, tem propriedades antioxidantes que retardam a degeneração neuronial e o envelhecimento.

Além das fibras, o grão de milho é constituído de calorias, vitaminas (B e complexo A), sais naturais, cálcio, óleo e grandes quantidades de açúcares, gorduras e celulose.

É a matéria-prima principal de vários pratos da culinária típica brasileira como canjica, cuscuz, polenta, angu, mingaus, pamonhas, cremes, bolos, pipoca ou simplesmente milho verde cozido.

Como a época do milho verde coincide com o verão e parte do outono, nas outras estações a farinha de milho é uma excelente opção. Para manter as propriedades nutricionais do cereal, dê preferência para as farinhas integrais orgânicas, que você encontra nas lojas de produtos naturais.

X