Saúde Integral

12/09/2018 09h30

Benefícios do mel para a saúde

Saiba por que devemos incluir este alimento em nossas refeições diárias.

Por Nosso Bem Estar

Pxhere | Pixabay
Honey 1970570 960 720

Saiba mais para que serve e propriedades do mel.

O mel, conhecido adoçante natural, é obtido do néctar das flores. Ele funciona como um agente microbiano, com capacidade para impedir o crescimento e combater microrganismos, protegendo-nos de doenças. Só este benefício já seria suficiente para incluirmos o mel regularmente em nossas refeições, mas ainda há muito mais vantagens para quem o consome. Vamos conferir?

 

 

 

Benefícios do mel para a saúde

1  – ação antioxidante e prebiótica, ou seja, modifica o equilíbrio da flora intestinal, estimulando o crescimento de microrganismos benéficos. Então, além de combater os agentes prejudiciais, o mel ainda favorece a proliferação dos agentes que fazem bem ao organismo;

 

2  – por ser rico em carboidratos e açúcar, o adoçante natural nos fornece energia imediata;

 

3  – é fonte de muitos nutrientes importantes para a saúde, como potássio, magnésio, cálcio, sódio, fósforo, ferro, manganês, cobalto e cobre, entre outros. O potássio é o que se encontra em maior quantidade, e ele é indispensável para equilibrar a pressão arterial;

 

4 – possui ácidos orgânicos, como, por exemplo, o ácido glucônico, conhecido por suas propriedades bactericida e antioxidante. Outras substâncias presentes no mel (ácidos fenólicos, flavonoides, enzimas glicose oxidase, catalase e peroxidase, além de ácido ascórbico, hidroximetilfurfuraldeído e carotenoides) também agem contra a oxidação das células, prevenindo Mal de Alzheimer, envelhecimento precoce e doenças cardiovasculares;

 

5  – substâncias prebióticas presentes no mel, além da propriedade mencionada, estimulam o trânsito intestinal e cooperam com a consistência normal das fezes. Consequentemente, evitam diarreia e constipação;

 

6  – o cálcio contribui para a saúde dos dentes e dos ossos; o ferro, assim como alguns minerais, previne a anemia. Em uma porção de 25 gramas de mel, equivalente a uma colher (de sopa), há 7% de carboidratos, 0,5% de ferro e 0,25% de cálcio.

 

Vovó tinha razão

Você lembra quando sua avó dizia que mel era bom para a garganta? É verdade! O adoçante natural alivia dores de garganta, graças a sua ação antimicrobiana. Além disso o mel é um excelente produto para problemas respiratórios. Aliado ao própolis, o mel funciona como tratamento complementar de doenças como pneumonia e tuberculose.

Sua avó também deve ter recomendado leite morno com mel para combater a insônia e relaxar. E ela estava certa novamente! Ele estimula a produção de serotonina, hormônio que favorece o prazer e o bem-estar.

O mel também é indicado para quem deseja ter uma pele bonita e saudável. Para obter o benefício, vale consumir mel como alimento ou incluí-lo em receitas cosméticas.

 

Como consumir mel

Apesar de ser saboroso e bastante vantajoso para quem consome, o mel deve ser incluído com moderação nas refeições, porque ele é um alimento calórico. Uma colher (de sopa) de mel tem 55 calorias, enquanto a mesma quantia de açúcar branco tem 60.

Para obter os benefícios sem aumentar o peso, o ideal é consumir pelo menos uma colher (de chá) de mel por dia, 10 gramas, até uma colher (de sopa), 25 gramas, aproximadamente. O alimento deve fazer parte de uma dieta saudável, com prática regular de exercícios físicos.

Você pode incrementar suas refeições com mel, por exemplo: na torrada do café da manhã; com frutas, sucos ou iogurte, no lanche; ou como substituto do açúcar branco em diversas receitas de bolos, tortas, biscoitos e doces em geral. Muitas pessoas acrescentam mel à carne e outras preparações, como acompanhamento de queijos e na cobertura de panquecas. Use a sua criatividade e inove nos pratos!

 

X