Planeta

01/08/2018 09h30

Aqueça sua casa

Com a queda das temperaturas, a necessidade de esquentar a casa aumenta. Descubra como fazer isso de forma econômica e sustentável

Por Nosso Bem Estar

Pxhere | Pixabay
Relaxing 1979674 1920

Pensando no seu bolso, separamos algumas dicas bacanas de como aquecer sua casa sem aumentar muito o consumo dessas duas continhas.

Por mais que o inverno seja recheado de possibilidades e tendências interessantes, é fato que ele apresenta um lado negativo: com o excesso de frio aparece a suscetibilidade a contrairmos doenças como a gripe e o resfriado.

Para tentar aquecer o lar, é comum que as pessoas invistam em melhores chuveiros, aquecedores e lençóis térmicos. O investimento em equipamentos reflete muito no aumento das contas de energia e no consumo de gás.

Pensando no seu bolso, separamos algumas dicas bacanas de como aquecer sua casa sem aumentar muito o consumo dessas duas continhas.

1 - Deixe janelas e portas bem isoladas

Tenha certeza de que suas portas e janelas estão bem isoladas. Esse detalhe é muito útil para evitar a perda de calor dos ambientes, bem como a entrada do frio.

Lugares bem isolados mantêm uma temperatura neutra. Mesmo que você tenha um bom aquecedor em casa, se esse passo for ignorado, ele não vai surtir muito efeito, já que boa parte do calor vai vazar pra fora do cômodo.

2 - Regule seus aquecedores

Aquecedores desregulados podem fazer a conta de energia disparar e fazer parte de até 30% da fatura no final do mês.

Esteja sempre atento ao tempo de uso e temperatura. Se possível, resuma as atividades do aparelho para o uso noturno, apenas; e pelo tempo necessário.

3 - Atenção nas compras de eletrodomésticos

Se, por ventura, você planeja comprar algum eletrodoméstico nesse inverno, dê preferência aos aparelhos com etiqueta de classe energética A+, A++ e A+++, porque eles consomem menos.

4 - Aproveite a energia residual dos equipamentos

Desligue o forno elétrico um pouco antes do tempo, assim como o ferro de passar antes de finalizar, para gastar um pouco menos e aproveitar o calor. Com isso, você consegue poupar até 10% da conta da sua energia!

5 - Evite colocar alimentos quentes na geladeira

Você sabia que quando faz isso gasta ainda mais energia? Isso acontece porque o aparelho se esforça um pouco mais pra esfriar e manter a temperatura. A paciência pode ser um aliado muito importante para o seu bolso.

6 - Se possível, invista num ventilador de recuperação de calor

Todo o ar quente que escapa da ventilação da sua casa e é desperdiçado pode ser reaproveitado. Com esse aparelho, é possível conseguir até 70% do desperdício restituído.

Além disso, é muito mais barato que um aquecedor e, na falta da vedação, pode ser um ótimo começo para evitar o frio.

7 - Abra cortinas e persianas de manhã

Deixe o sol entrar e fazer sua mágica. Ele reflete seu calor nas paredes e nos móveis, aquecendo toda a casa durante o dia.

8 - Reverta a direção do ventilador de teto

O ventilador de teto não só tem a função de refrescar, como também esquentar nos dias mais frios. Quando sua direção é invertida, ele joga o ar quente pra baixo e mantém a temperatura por todo o cômodo.

9- Se possível, use o forno

Basta deixa-lo desligado e semi-aberto após o uso para aproveitar o seu calor residual.

10 - Use mantas e almofadas

Além de dar um aspecto visual legal, podem ser aliados na hora do frio. Se enrolar nas mantas e abraçar as almofadas pode esquentar bem mais do que esperar o efeito do aquecedor. Economize.

11 - Use tapetes

Os tapetes são ótimos isolantes térmicos do frio. Além de manter a temperatura, dão um ótimo aspecto visual e ainda podem servir de assento na hora de um filme ou um lanchinho coletivo.

X