Beleza

17/07/2018 09h30

Óleos e hidratantes para cuidar da pele no inverno

A pele é um dos órgãos mais afetados pelas baixas temperaturas. Por isso, os óleos e hidratantes desempenham papel importante nesta época do ano.

Por Nosso Bem Estar

Pxhere | Pixabay
Protetor solar no frio antonioguillem

O uso de óleos e hidratantes são essenciais para cuidar da pele no inverno, para evitar problemas e fazer com que ela fique cada vez mais brilhante e bonita.

Durante o inverno, as baixas temperaturas e a presença constante de umidade no ar diminuem a incidência de transpiração corporal. Isso faz com que a pele fique mais seca e cada vez mais opaca.

Além disso, é nessa época que exageramos nas duchas quentes e o ressecamento da pele fica cada vez mais evidente, pela eliminação da oleosidade natural.

Esse ressecamento pode resultar em situações desagradáveis como coceira, presença de rachaduras, cortes, manchas esbranquiçadas ou escuras, descascamento da pele ou, ainda, endurecimento.

Isso acontece porque, sem a proteção adequada, a pele tenta compensar a falta alterando sua estrutura, na tentativa de se proteger. Infelizmente, na maioria das vezes essas tentativas resultam em insucesso que acabam se tornando desconforto.

Assim, o uso de óleos e hidratantes são essenciais para cuidar da pele no inverno, para evitar problemas e fazer com que ela fique cada vez mais brilhante e bonita.

 

Óleo ou Hidratante?

Mesmo que ambos sirvam para o mesmo propósito, eles são diferentes em textura e função específica. Por um lado, os óleos criam uma película protetora que retém a umidade natural da pele, já os por outro, os cremes podem agir de maneira emoliente (levam água pra pele) ou umectante (diminuindo a perda de água).

Aparentemente o óleo ajuda a manter a pele hidratada, mas na verdade ele não hidrata de verdade; assim como o inverso também se aplica: o creme hidratante só hidrata, não protege.

O ideal é sempre alternar entre ambos os produtos. Você pode passar o óleo pelo corpo inteiro depois do banho e hidratar-se somente nos dias mais frios ou, ainda, hidratar-se e, depois de um certo tempo, passar óleo no corpo, contanto que atente para as substâncias umectantes e emolientes, para não ter efeito contrário, por exemplo.

É interessante que você tente focar em criar o hábito e não simplesmente fazer porque tem que fazer se quiser uma pele saudável no inverno. Cuidar de si mesma também faz parte do processo de saúde.

 

Óleos e hidratantes para cuidar da pele no inverno

De modo geral, se você hidratar a pele e usar óleos com frequência, não vai precisar se preocupar com os perigos do inverno, mas, caso o contrário, se ligue nessas dicas. Não é o óleo caro ou o creme caro que vão fazer a diferença pra você, mas a persistência do hábito.

Existem três tipos de mecanismos hidratantes que podem ser aproveitados aqui:

  • Hidratantes oclusivos: que formam uma camada protetora que mantém a hidratação natural da pele, presente em produtos que possuam vaselina em sua composição;
  • Hidratantes umectantes: que captam e distribuem água na pele igualmente, identificados pela presença de glicerina na composição;
  • Hidratantes emolientes: que restauram e reforçam a barreira protetora na pele, identificados pela presença de ceramidas

 

Pele Seca

As peles secas são bem mais suscetíveis a traumas devido à sua camada protetora hidratante não ser tão eficiente quanto deveria. Isso quer dizer que, com facilidade, elas racham, ferem e infeccionam.

Pessoas com esse tipo de pele devem usar o hidratante de uma a duas vezes ao dia: uma de manhã e outra após o banho, segundo a recomendação da Sociedade Brasileira e Americana de Dermatologia.

Nesse caso, a preferência é pelos hidratantes umectantes, que vão ao longo do dia hidratando a pele e evitando possíveis problemas decorrentes de seu ressecamento.

 

Pele Sensível

As peles sensíveis geralmente são secas e muito suscetíveis ao desenvolvimento de problemas alérgicos, como a dermatite atópica. Pra esse tipo de pele, dê preferência a produtos com fitoesteróis – efeitos calmantes – e sem corantes e perfumes.

Evite também todo o creme e óleo que possa conter parabenos, porque são irritantes bem conhecidos na indústria. Os produtos hipoalergênicos podem ser uma escolha muito útil e segura para pessoas portadoras desse tipo de pele.

 

Pele Oleosa

Por mais que pareça senso comum de que esse tipo de pele não precise de hidratação, é exatamente ao contrário. Como dito anteriormente, o óleo por si só não hidrata, mas protege. Você pode ter uma pele oleosa e seca, por exemplo. Não esqueça de se hidratar.

 

Outros tipos

Mesmo as peles bem hidratadas precisam de cuidado. Nesse caso, busque sempre os hidratantes oclusivos, para evitar que a pele sofra com problemas desnecessários no futuro.

Por outro lado, também existem peles mistas – seca na maior parte e oleosa nas extremidades – que precisam de cuidado com o auxílio de substâncias oil-free, emulsões ou séruns sem álcool. Por fim, toda a pele precisa e merece cuidado especial, sem exceção.

 

Conversar com seu dermatologista é o caminho mais interessante para obter uma orientação mais personalizada.

X