Planeta

29/05/2018 19h00

Economia em tempos de escassez

Vivemos recentemente em nosso país uma fase de escassez de itens básicos. Veja as nossas dicas de economia, não só para estes momentos, mas para todos os outros.

Por Nosso Bem Estar

Pxhere | Pixabay
M13

Conheça dicas de economia em tempos de escassez.

Nós últimos dias, precisamos nos acostumar com a falta de alimentos, de combustível, até de gás. Você sabe como fazer a sua parte, para não prejudicar ainda mais a situação? Conheça dicas de economia em tempos de escassez.

Quanto ao combustível

Para que exatamente você precisa se deslocar de automóvel? Para ir ao trabalho, para trabalhar durante o dia todo, para ir à faculdade, para levar as crianças no colégio, para passear?

Se você trabalha fixo em um local de trabalho todos os dias, e para o deslocamento até a escola ou a faculdade, inclusive os passeios de final de semana, todos esses trajetos podem ser feitos de bicicleta, de transporte público, de moto elétrica e até a pé, dependendo da distância.

Outras maneiras de economizar em tempos de escassez: utilizar apenas um carro, se você tem dois na família, deixando um em casa; pegar carona com um colega de trabalho ou vizinho; trabalhar de casa.

O combustível que chega aos postos deve abastecer prioritariamente o transporte público, as viaturas e ambulâncias, e também para as pessoas que dependem do carro para trabalhar o dia todo, como vendedores com carros de som, representantes comerciais, taxistas e motoristas de aplicativo, motoboys e autônomos, pessoas que dependem do automóvel para o seu sustento.

Quanto à economia de água

A água é o líquido mais precioso que existe, e dependemos dela para sobreviver, tanto nós como animais e plantas. Para que não haja falta de água, podemos tomar algumas atitudes simples, que não exigem muito sacrifício, mas que resultam em grandes diferenças.

Tome banhos mais rápidos, ficando debaixo do chuveiro apenas o tempo necessário para o enxágue. Ensaboe seu corpo com a ducha desligada, abrindo-a apenas para tirar o sabonete. E lave o cabelo somente duas vezes na semana, para que o seu banho seja mais rápido, e a economia de água, maior.

Você pode fazer economia em tempos de escassez também nas roupas. Lave menos quantidade por semana, utilizando uma peça mais vezes antes de lavá-la. Como estamos no inverno, isso é fácil de fazer, sem prejudicar a higiene.

Junte o máximo de roupas possível antes de ligar sua máquina. Verifique a capacidade dela e coloque a quantidade de peças correspondente ao limite. Dessa forma, você economiza água e energia, colaborando com seu bolso, com o meio-ambiente e com a sociedade.

Sobre lavar louça e escovar os dentes, duas tarefas que fazemos diariamente, atitudes também podem ser tomadas: acumule louça para lavar apenas uma ou duas vezes ao dia, sempre deixando a torneira desligada para ensaboar as peças. Ligue apenas para enxaguar. Escove os dentes também com a torneira fechada, abrindo apenas no final da escovação, para retirar a espuma da boca.

Quanto à economia de gás

Muitas cidades estão sem abastecimento de gás porque os botijões não conseguem chegar aos seus respectivos depósitos. O que fazer, já que o gás é um combustível necessário para cozinhar alimentos, e em alguns casos, para aquecer a água das torneiras? Para tudo há solução.

Procure instalar chuveiro elétrico em sua residência, se possível. É uma ótima alternativa para quando falta gás. Quanto à torneira, se a sua cidade tem inverno rigoroso e precisa de aquecimento, procure fazer a instalação de uma torneira elétrica, e não com aquecimento a gás.

Na atualidade, temos muitos utensílios que podem ser utilizados para o preparo de alimentos sem a utilização de gás, como chaleiras e panelas elétricas, forno elétrico, fritadeira sem óleo, etc. Tenha alguns destes eletrodomésticos em casa, para economizar gás.

Você pode fazer a sua parte

Como você pôde perceber, você pode fazer a sua parte, economizando em tempos de escassez, ou colaborando para que ela não aconteça. É difícil mudarmos nossos hábitos, nós sabemos disso, mas, se todos nós mudarmos a nossa rotina um pouquinho, logo a economia também estará em nossa rotina, e a diferença será grande, se todos se unirem para o bem comum.

X