Planeta

12/04/2018 09h30

Vantagens das lâmpadas de LED

A invenção, premiada com o Nobel de Física, está mudando os sistemas de iluminação no mundo devido suas vantagens ambientais e econômicas.

Por Nosso Bem Estar

Pxhere | Pixabay
M31

Devido às mudanças climáticas e a consequente escassez de chuvas, a necessidade é economizar cada vez mais a energia elétrica, pois grande parte dela vem das usinas hidroelétricas.

As lâmpadas de LED foram criadas, na década de 90, por dois cientistas japoneses e um americano, que utilizaram as luzes de LED azul e vermelha já existentes e combinaram com emissor de luz azul de diodo, formando  assim a luz de LED branca, que é mais eficiente e duradoura comparada às outras disponíveis no mercado.

Em outubro de 2014, os cientistas foram premiados com o Nobel de Física, concedido pela Real Academia das Ciências da Suécia.

A utilização da luz de LED

Os primeiros aparelhos a utilizarem a luz de LED foram os relógios digitais, os sinalizadores e os controles remotos de televisão, porém atualmente já aparecem nas telas da TV, computadores, celulares, semáforos, além da iluminação pública e residencial.

Devido às mudanças climáticas e a consequente escassez de chuvas, a necessidade é economizar cada vez mais a energia elétrica, pois grande parte dela vem das usinas hidroelétricas.  Por isso, a nova tecnologia vem gerando grande melhoria na qualidade de vida das pessoas, pois mantém a iluminação por mais tempo e com menos consumo de energia.

Um exemplo a se destacar é a cidade de São Paulo, que já possui alguns pontos de iluminação por luz de LED, como o parque Ibirapuera e alguns túneis. Recentemente a Prefeitura da cidade também divulgou que trocará todos os pontos de iluminação pública pela luz mais econômica e duradoura.  

Lei para estimular o uso da Lâmpada de LED

A lei regulamentada no Brasil, pela Portaria Interministerial nº 1.007 de 2010, tinha como objetivo banir o consumo residencial de Lâmpadas incandescentes até o ano de 2016, para estimular assim o comércio e uso das lâmpadas de LED.   

As lâmpadas incandecentes de potência maior que 75W deixaram de ser comercializadas no final de junho de 2014, enquanto que de potência entre 25 e 75W deixaram de ser produzidas no dia 30 de junho de 2015, sendo comercializadas até 30 de junho de 2016.

O que é a luz LED

A sigla LED significa Light Emitter Diode, ou em português, Diodo Emissor de Luz, que é um dispositivo eletrônico que transforma energia elétrica em luz. As lâmpadas incandescentes e fluorescentes, por exemplo, utilizam filamentos metálicos e descargas de gases para transformarem em luz.

 

Vantagens da Lâmpada de LED

Como já sabemos, as luzes de LED são uma ótima opção para economia de energia, porém destacamos outros benefícios:

  • Longa vida útil, pois o LED é capaz de funcionar perfeitamente por até 50 mil horas, economizando assim os custos com as trocas de lâmpadas;
  • Sofre pouca ou nenhuma alteração de brilho ao longo do uso.  Se ligada por 8 horas diárias ela pode durar até 17 anos;
  • Permite direcionar a luz;
  • Produz a mesma luminosidade, com 6 a 8 watts, que uma lâmpada incandescente de 100 watts;
  • É 12 vezes mais eficiente que as outras lâmpadas;
  • Reduz a conta de luz em quase 90%;
  • Não contém mercúrio;
  • Não emite raios ultravioleta e infravermelhos, o que evita danos à pele e aos produtos em exposição;
  • É uma lâmpada mais resistente a impactos, vibrações e variações de temperatura;
  • Não emitem calor e não aquecem o ambiente;
  • O alumínio e o aço utilizados em sua estrutura podem ser reciclados;
  • Contribuem para não geração de impactos ambientais;
  • Possuem baixa voltagem, por isso pode ser utilizada em ambientes úmidos ou na água, sem o risco de choque;
  • Utilizadas adequadamente pode-se adquirir diferentes tonalidades e cores;
  • As lâmpadas de LED acendem imediatamente ao acionamento do interruptor, diferente das outras.

 

Diferenças entre os tipos de lâmpadas existentes

Existem mais dois tipos de lâmpadas, que comparados as de Led, apresentam menor eficiência e vantagens. São elas:

  • Luz incandescente: são os modelos mais antigos e comuns de lâmpadas, com grande consumo energético, pois a maior parte da energia gerada, cerca de 80%, é para aquecer a lâmpada e não para iluminar. Mesmo possuindo baixo custo e alta luminosidade, as lâmpadas incandescentes possuem vida útil de somente mil horas, resultando num mau aproveitamento energético.
  • Fluorescente: são luzes brancas, pouco aquecidas, versáteis e mais econômicas que as incandescentes. Porém possuem mercúrio e fósforo em sua composição, o que é prejudicial, se descartada inadequadamente ao meio ambiente. Sua vida útil é de 10 mil horas e não é tão econômica quando comparada ao LED.

 

Desvantagem das lâmpadas de Led

Porém, as lâmpadas de LED ainda apresentam algumas desvantagens, como:

  • Comparada às outras, a lâmpada de LED possui um custo mais elevado;
  • Para sua fabricação ainda são necessários utilizar componentes de matéria prima importados;
  • Não são todas as luminárias que de adaptam à lâmpada;
  • A iluminação é um pouco inferior ao da fluorescente.

Como você pode ver, o número de vantagens das lâmpadas de LED é muito maior do que o de desvantagens. Que tal experimentar essa alternativa de iluminação aí na sua casa?

X