Crescimento pessoal

15/08/2017 06h30

Pôr a Mão na Massa Faz Bem!

Saiba como trabalhos manuais e artesanato podem melhorar o seu bem-estar e servir, até mesmo, como formas de terapia.

Por Nosso Bem Estar

Pixabay
M14 coloring book for adults 1396865 960 720

Terapia que faz muito bem!

Você tem algum hobby? Já fez ou pratica algum trabalho manual? Confecciona artesanato? Sabia que essas atividades podem fazer maravilhas pelo seu bem-estar? De certa forma, estas práticas acabam sendo uma forma de terapia! Entenda o porquê.

Benefícios dos trabalhos artesanais

Colorir um livro, costurar, fazer tricô ou crochê, bordar, praticar jardinagem, enfim, são trabalhos manuais e que podem servir de hobby para horas livres ou ociosas. Porém, eles são muito mais do que passatempo, pois trazem inúmeros benefícios à mente e, até mesmo, à coordenação motora.

Os trabalhos manuais e o artesanato podem aliviar o tédio, prevenindo a depressão. Servem como terapia não apenas para os dias cinzentos, quando nada parece dar certo, mas também, como parte criativa do cotidiano. Os transtornos do humor também podem ser estabilizados com essas práticas, afinal, criar algo com as próprias mãos é algo mágico e belo. Somente quem já teve a oportunidade de exercer estas atividades consegue expressar a sensação. É algo único, que pode até mesmo mudar vidas.

O feito à mão surpreende

Presentes, mimos e lembranças artesanais surpreendem as pessoas que os recebem. Na atualidade a maioria dos itens decorativos é industrializado, pode ser adquirido pronto, e um presente feito à mão possui um grande diferencial.

Receber uma peça feita por alguém que você gosta, ou ainda presenciar um jardim todo florido, feito por suas mãos, é uma experiência incrível. É muito mais fácil contratar um profissional ou comprar roupas prontas. No entanto, o trabalho manual e o artesanato, além de ser terapêutico para quem faz, traz sensações gostosas e surpreendentes para quem o recebe.

As pesquisas comprovam

Diversos estudos nessa área comprovam esses benefícios. No Hospital Psiquiátrico São Pedro, em Porto Alegre, uma vivência praticada na Oficina da Criatividade, criada pela psicóloga Bárbara Neubarth, mostrou resultados incríveis. Nesse projeto, são tratados pacientes psiquiátricos, portadores de transtornos mentais, como depressão. O seu dia a dia inclui, entre outras atividades, técnicas artísticas que visam a melhoria da capacidade de comunicação e expressão.

Segundo Bárbara, a arte resgata o que há de bom no paciente, que muitas vezes, foi suprimido com o surgimento da doença. Assim, sem perspectivas, os indivíduos se sentem cada vez mais inferiorizados. O artesanato e os trabalhos manuais servem como terapia, pois trazem à tona o lado sadio, ainda não afetado pelo transtorno psiquiátrico.

Para comprovar, a psicóloga cita um grupo pra lá de especial, formado por senhoras, chamado As Bordadeiras do São Pedro (referência ao hospital). Todas as idosas são depressivas, mas o ato de bordar as torna relacionáveis, comunicativas e capazes de demonstrar afeto, quando se sentam à mesa para trabalhar com os bordados.

O que importa é a terapia

O melhor é que qualquer pessoa pode fazer artesanato. O que importa é a terapia em si, e não a obrigatoriedade de a peça ficar tecnicamente impecável, bem acabada esteticamente. Nesse caso, os meios é que valem, e não o fim. Ou seja, a interação com os materiais e técnicas, que possibilitam o exercício da criatividade e da expressão, estão a serviço de um objetivo maior: a saúde da pessoa, que exercita as habilidades das mãos e da mente, especialmente porque a arte exige concentração e atenção.

A febre dos livros para colorir

Você se lembra que há pouco tempo os livros de colorir virou febre mundial, principalmente, entre os adultos? Estes livros, também, são terapêuticos. Eles aliviam o estresse, ajudam a passar o tempo, aumentam a criatividade e promovem sensações de prazer.

Com eles, as pessoas se esquecem dos problemas. A preocupação da vez é qual cor escolher para aquela figura, qual a tonalidade perfeita, e se o desenho terá efeitos (sombreado, por exemplo).

Além do mais, os desenhos de livros como O Jardim Secreto, de Johanna Basford, são totalmente feitos à mão, e extremamente ricos em detalhes. Dessa forma, se tornam desafiadores para quem se distrai facilmente, com dificuldades em se concentrar em uma tarefa.

Qual é o seu hobby?

Depois de conhecer os benefícios que os trabalhos manuais e o artesanato podem fazer pela sua mente, pense: qual hobby que você tem e que funciona como uma terapia em sua vida?

X