Beleza

30/03/2017 06h30

Você não precisa conviver com o indesejável hóspede chamado caspa

Se você deixa de usar roupas escuras por conta da caspa no couro cabeludo, leia o artigo desta semana e conheça tratamentos naturais para o problema.

Por Nosso Bem Estar

Depositphotos | Wikimedia
Caspa 1

Caspa - Você pode combatê-la

Quem sofre com caspa já deve ter passado por alguns constrangimentos em público. Afinal, os floquinhos brancos nos cabelos e nas roupas realmente são incômodos. Mas o problema tem solução. Saiba abaixo o que causa a caspa, formas de prevenção e também de tratamento.

O que é caspa?

É uma doença no couro cabeludo, que causa descamação. Ela se caracteriza por pequenos flocos brancos visíveis tanto no cabelo quanto em peças de roupa, especialmente as de cor escura.

O que causa a caspa?

Erroneamente se relacionava a caspa à falta de higiene. Na verdade, a situação afeta mais de 50% da população e não tem nada a ver com lavagens de cabelo. Alguns fatores podem desencadeá-la, especialmente a ação de um micróbio chamado Malassezia globosa, presente no couro cabeludo de todas as pessoas.

Quando ele age, é produzido ácido oleico, assim há decomposição da gordura do cabelo. Isso gera irritabilidade, especialmente se a pessoa tiver sensibilidade ao ácido, provocando coceira, ressecamento e vermelhidão. Acontece que 50% das pessoas são sensíveis à substância.

O resultado da inflamação é a renovação das células do cabelo com mais rapidez do que o normal, pois essa é a resposta do organismo. Esse excesso celular justamente forma os flocos visíveis nos fios e nas roupas, primeiro sinal da caspa.

Porém, para piorar a situação, alguns sintomas podem desencadear ainda mais o surgimento dos floquinhos, como calor, poluição e suor. Não são agentes causadores da caspa, mas eles podem prejudicar ainda mais o caso em determinadas épocas do ano ou então quando se praticam esportes.

E mais: a caspa não é genética, mas é fato que se um membro da família tiver, outros poderão ter também. O estresse emocional também está ligado ao seu surgimento.

Formas de tratamento

Não existe cura para caspa, mas alguns produtos podem controlar e amenizar o problema, deixando-a em remissão. Isto é, os sintomas desaparecem, mas podem retornar caso haja interrupção do uso.

Os itens mais utilizados são xampús a base de piritionato de zinco, que combatem e controlam a descamação. Seu tratamento é feito diretamente no couro cabeludo, alternando seu uso com xampu sem o princípio ativo. O ideal é que o xampu para caspa seja utilizado duas vezes na semana, deixando-o em ação por pelo menos cinco minutos.

Maneiras de prevenção

  • Quem possui predisposição à caspa deve evitar banhos excessivamente quentes e demorados, pois ela poderá descamar o couro cabeludo.
  • A alimentação deve ser regrada, evitando excesso de ingestão de carboidratos e produtos à base de farinha. Por outro lado, recomenda-se aumentar o consumo de frutas, verduras, legumes e proteínas.
  • O uso de acessórios que aumentam o calor no couro cabeludo precisa ser deixado de lado, como bonés, chapéus, turbantes, lenços, etc.

Estudos que esclareceram dúvidas

Segundo a dermatologista Denise Steiner foram feitos diversos estudos sobre fatores que desencadeiam a caspa, e a escova progressiva não é um deles. Os produtos alisadores podem irritar o couro cabeludo, desencadeando uma descamação, mas que não necessariamente seja caspa.

Segundo Denise existe uma faixa etária principal para o surgimento do problema. Normalmente os adultos são os mais atingidos, sendo raros os casos infantis. As vezes pode surgir logo depois da puberdade, pois o aumento da produção hormonal causado pela adolescência afeta a quantidade de sebo, que pode desencadear a caspa.

É fato que pessoas que possuem cabelos oleosos têm predisposição a caspa, mas não necessariamente o problema surge somente nesse tipo de fio. O couro cabeludo seco pode sofrer descamação por conta de muitos outros fatores, como histórico familiar, estresse, uso de acessórios, etc.

Os mesmos estudos comprovaram que os xampús com o princípio ativo mencionado anteriormente são eficazes também para prevenção, não somente para tratamento da caspa. Podem ser utilizados por quem possui predisposição, agindo diretamente no fungo causador do problema, diminuindo a tendência à inflamação.

 

Remédios naturais para combatê-la

1. Folhas de Neem ou Nim

Suas propriedades antifúngicas e antibacterianas auxiliam no tratamento da caspa e outros problemas capilares. Ferva um punhado de folhas em duas canecas de água e use esta decocção para enxaguar os cabelos três vezes por semana.

2. Óleo de Coco

Antifúngico que ajuda eliminar a caspa e hidrata o couro cabeludo aliviando a coceira. Use uma medida do óleo e outra de suco de limão. Misture e massageie o couro cabeludo. Enxague após 20 minutos. Repita três vezes por semana.

3. Vinagre de Maçã

Equilibra o pH e auxilia na limpeza dos poros obstruídos. Misture duas colheres de mesa de vinagre de maçã e duas colheres de mesa de água. Adicione 15 ou 20 gotas de óleo essencial de tea tree. Massageie o couro. Enxague. Repita três vezes por semana.

4. Vinagre branco

Contém acido acético que previne o crescimento de fungos e alivia a coceira. Use meia caneca de vinagre a duas canecas de água. Enxágue e lave com shampoo. Repita duas vezes por semana.

5. Óleo de oliva

Hidratante natural que evita o ressecamento do couro cabeludo. Aqueça o óleo, massageie o couro e enrole uma toalha nos cabelos. Deixe por 45 minutos ou durante a noite toda, e enxágue e lave com shampoo. Repita algumas vezes por semana.

6. Tea Tree Óleo Essencial

Tem propriedades antifúngicas. Algumas gotas de Tea Tree óleo ao shampoo. Uma gota de óleo para uma mão cheia de shampoo. Ou adicione algumas gotas em uma colher de mesa de óleo de oliva ou óleo de coco. Aplique nos cabelos e deixe por 30 minutos ou durante a noite, enxaguando com água fria. Repita duas vezes por semana.

7. Suco de limão

Contém ácido que elimina os fungos da caspa e alivia a coceira. Misture o suco de meio limão a um quarto de xícara de iogurte natural. Aplique e deixe por 20 minutos, enxágue e lave com shampoo neutro. Repita algumas vezes por semana.

Agora que você já conhece os fatores que podem causar caspa, é hora de prevenir e tratar o problema, acabando com o constrangimento que pode surgir por causa dela.

X