Família

21/02/2017 07h30

Cuidados com os cães no verão

Saiba como proceder para cuidar deles nessa tórrida estação, afinal eles também sofrem com as altas temperaturas

Por Nosso Bem Estar

Pixabay | Flicker
M1 2

Hidratação dos cães no verão é essencial

Os animais, assim como os humanos, sofrem quando a temperatura está alta. Para que eles possam se manter hidratados e tenham alívio na estação mais quente do ano, confiram nossas dicas.

Consequências do calor

Quando o dia está quente, os animais apresentam alguns sintomas de que estão sofrendo com a alta temperatura. A maioria deles se mostra ofegante, com a língua para fora e com dificuldade para caminhar, mas os cães mais sensíveis podem ter vômitos ou insolação.

Por esse motivo, é recomendável seguir as recomendações de especialistas, alterando a rotina dos cães no verão, priorizando sua hidratação e modificando o horário de passeio.

Reforce a hidratação

Os cachorros devem ter água à vontade e acessível durante o verão, pois ela hidrata e refresca o organismo. O recipiente precisa ficar à sombra, para que a água se mantenha fresca, ou então deve ser trocada sempre que estiver quente. Se preferir, pode colocar algumas pedras de gelo também.

Altere a rotina de passeios

No verão, os cães preferencialmente devem passear cedo pela manhã ou depois do anoitecer, quando o chão não está muito quente. É comum presenciar-se queimaduras nas solas dos pés deles, então, ao sair, coloque a palma da mão no solo para verificar a temperatura. Se estiver quente, adie o passeio.

Dê preferência para ruas arborizadas ou parques, com bastante sombra, e leve uma garrafa de água para o pet.

Tose o pelo

Cães que possuem bastante pelo devem ser tosados no verão, para que a diminuição proporcione alívio. Torne-a mais frequente quando a temperatura estiver alta, priorizando a sensação refrescante à beleza do animal.

Adquira casinha

Se você passa longos períodos fora de casa e seu pet fica em áreas descobertas, recomendamos que adquira casinha para os cães se protegerem no verão. Você também pode optar por toldos ou guarda-sol, o resultado é o mesmo: proporcionar sombra.

Banhos frios e picolés

Para refrescar o corpo do animal, banhos frios podem ser dados nos momentos mais quentes do dia (ou então disponibilizar para ele uma piscina de bebê). Além de gelo na água, sugerimos congelar sucos de fruta, oferecendo o picolé ao pet.

Não o leve em viagens longas

Se você for passar alguns dias fora e levar seu animal na viagem, isso só é permitido se o trajeto não for muito longo e houverem várias paradas no caminho. Os cães não podem ficar dentro de carros com as janelas fechadas, nem em caixas de transporte por muito tempo.

Cuidado com os carrapatos

Cães, no verão, têm mais chance de ter carrapatos e pulgas em sua pelagem. Os banhos aumentam ainda mais os riscos de infestação, então a procura por estes parasitas deve ser frequente.

Caso haja sinais de picadas ou vermelhidão na pelagem, deve ser procurado um veterinário para análise e medicação.

Mantenha as vacinas em dia

Como as altas temperaturas geralmente provocam chuva, há chance de inundações. Com elas, os riscos de contaminação por doenças como a leptospirose aumentam. Para proteger seu cão, mantenha sua carteira de vacinação em dia.

Se o animal entrar em contato com a água das enchentes e apresentar diarreia, febre alta, vômito ou apatia, leve-o ao veterinário imediatamente.

Proteção solar para cães

Assim como nos humanos, também há necessidade de passar protetor solar nos cães no verão, se eles possuírem pelagem de cor branca ou rosada. O produto, disponível especialmente para cachorros, deve ser incluído no focinho, nas orelhas e na barriga, se o pet gostar de se expor ao sol de barriga para cima.

Cuidado redobrado com focinhos curtos

Se o seu cão for buldogue, pug, boston terrier ou qualquer outra raça que tenha como característica o focinho curto ou achatado, os cuidados de verão devem ser redobrados. Isto porque suas traqueias são menores e eles têm ainda mais dificuldade para respirar quando o dia está muito quente.

Aja com empatia

Para cuidar de seus cães no verão e proporcionar alívio em dias com altas temperaturas, aja com empatia. Ou seja, coloque-se no lugar dele. Assim, você saberá como aumentar o seu bem-estar, proporcionando alívio para seu pet.

X