Saúde Integral

02/01/2017 10h00

Azia, queimação e má digestão

Descubra o que causa os desconfortos gástricos mais comuns

Por Nosso Bem Estar

Arquivo Nosso Bem Estar
Azia

A azia, também chamada de pirose, é uma sensação de queimação que podemos sentir algumas vezes logo após terminarmos de comer

A queimação da azia e da má digestão é um desconforto gástrico muito comum para a maior parte da população. Todo mundo pode sentir alguma vez na vida esses desconfortos sem que isso indique necessariamente nada mais sério, mas para quem sofre com frequência, fica o alerta de alguma disfunção gástrica ou até alguma doença em desenvolvimento.

No artigo de hoje, vamos falar sobre as principais diferenças entre a azia e a má digestão e o que você pode fazer para aliviá-las.

O que é a azia?

A azia, também chamada de pirose, é uma sensação de queimação que podemos sentir algumas vezes logo após terminarmos de comer.

A sensação de queimação ocorre quando o suco gástrico, que é bastante ácido, sai do estômago e acaba entrando no esôfago, causando ardor.

A azia pode ser sintoma de um quadro de estresse ou ansiedade, uma vez que nossa digestão piora bastante quando estamos emocionalmente mais tensos, ou de doenças como refluxo gastroesofágico, esofagite, gastrite e úlcera.

Alguns outros sintomas podem acompanhar a sensação de queimação da azia:

  • Asma noturna e dores no peito;
  • Tosse;
  • Estreitamento do esôfago;
  • Mau hálito.

Maus hábitos alimentares também podem causar azia e, por isso, alguns cuidados devem ser tomados:

  • Mastigue muito bem os alimentos;
  • Coma em ambiente tranquilo, silencioso e sem pressa;
  • Faça mais refeições por dia e diminua a quantidade de alimentos em cada uma delas;
  • Fuja de banquetes: quanto menores as refeições, melhor sua digestão;
  • Nunca fique mais de três horas em jejum, deixando o ácido do estômago parado dentro do órgão;
  • Durma com a cabeça mais alta do que o corpo para evitar o refluxo.

É importante tomar muito cuidado ao fazer uso dos famosos antiácidos para controlar a azia, pois eles podem causar um efeito rebote e aumentar ainda mais a acidez do estômago.

O que é a má digestão?

Má digestão é a sensação de desconforto que sentimos nas horas que se seguem às refeições, como se os alimentos consumidos não tivessem “caído muito bem”.

A má digestão pode ser causada por uma série de fatores, como o tipo de alimento que você está ingerindo, a forma como faz as refeições e até a quantidade de líquidos consumidos junto com os alimentos.

O que você come pode causar má digestão

Alimentos muito ácidos, comidas muito gordurosas ou a ingestão de refrigerantes e água gaseificada durante as refeições podem comprometer a digestão.

A sensação de queimação típica da má digestão também é causada quando consumimos alimentos que aumentam a acidez do nosso estômago. Se você tem má digestão com frequência, evite os seguintes tipos de alimentos:

  • Pimentas e pimentões (principalmente com casca);
  • Comidas muito condimentadas, como a baiana e a mexicana;
  • Cigarro e bebidas alcoólicas em excesso;
  • Chicletes;
  • Sucos ácidos, como o de laranja;
  • Frituras e alimentos gordurosos;
  • Refrigerante e bebidas gaseificadas;
  • Cafeína (que também está presente em chocolates e em muitos chás);
  • Molhos à base de vinagre, ketchup e mostarda;
  • Energéticos.

Uma forma eficaz e natural de diminuir os sintomas da má digestão é tomar um chá digestivo, como o verde e o de hortelã, cerca de 10 minutos após terminar de comer. Também é importante evitar o tradicional cafezinho após a refeição e deixar para tomá-lo depois de uma hora após comer.

Recomendações para aliviar os sintomas da azia e da má digestão

  • Não faça exercícios e nem deite após as refeições;
  • Diminua o tamanho dos seus pratos e coma mais vezes por dia;
  • Não carregue peso e nem faça muito esforço após comer;
  • Faça uma caminhada leve após as refeições;
  • Substitua o cafezinho pelo chá verde 10 minutos depois de comer.

É importante não confundir as sensações de peso e queimação da azia e da má digestão com as dores causadas por gastrites e úlceras. As dores dessas doenças mais sérias costumam começar em jejum e diminuir ou passar após as refeições, retornando com frequência. Em todos os casos citados nesse artigo, é importante procurar um médico gastrointestinal para avaliar corretamente o seu quadro e elaborar um diagnóstico correto.

O portal Nosso Bem Estar traz conteúdos importantes para a saúde e o bem-estar da sua família! Curta a nossa página no Facebook e acompanhe nossas mais recentes publicações!

X