Planeta

13/12/2016 09h00

Como fazer o controle de pragas em vegetais orgânicos

Muitas pessoas que cultivam vegetais orgânicos têm dúvidas de como controlar as pragas que podem danificar os alimentos

Por Nosso Bem Estar

ACP PROD/ADOBE STOCK / NBE
Plague

Diferentes pragas atingem diferentes espécies de vegetais. Para que sua horta não fique completamente prejudicada pela infestação, promova a diversidade e plante diversos exemplares

Ter uma horta em casa é uma atividade relaxante para o corpo e para a mente, além de colaborar com a nossa saúde. Os alimentos plantados em casa estarão livres de agrotóxicos industriais. Porém de cara surge uma dúvida: como fazer o controle de pragas nesses vegetais orgânicos? Nós temos dicas para auxiliar você nessa tarefa.

Promova a diversidade

Diferentes pragas atingem diferentes espécies de vegetais. Para que sua horta não fique completamente prejudicada pela infestação, promova a diversidade e plante diversos exemplares.

Assim, se um deles for infestado com pragas, os outros provavelmente ficarão intactos. Dessa forma, você poderá usufruir do que plantou.

Deixe o mato crescer

Você só poderá fazer o controle de pragas nos vegetais orgânicos se deixar o mato crescer espontaneamente em sua horta. É claro que ele precisará ser podado com frequência, mas sua presença pode ser benéfica para a plantação. Como?

O mato também poderá se infestar com pragas. Então, a chance de contaminação das outras espécies diminui. Além disso, sua existência colabora com a diversidade! Ele é nutritivo para os insetos e livra outras plantas dos mosquitos. E mais: grande parte do mato é comestível.

Utilize placas adesivas

Não seria ótimo se os insetos fossem atraídos para outro lugar que não seja sua horta? Pois bem, isso é possível com a colocação de placas adesivas, feitas com um material atraente para eles.

Sua coloração (amarela ou azul) atrai os insetos. As placas possuem uma cola, que os gruda na superfície, livrando sua horta de infestações. As placas amarelas são excelentes contra moscas e pulgões, por exemplo, enquanto as azuis atraem tripes (minúsculos insetos prejudiciais as hortas) e moscas do estábulo.

Plante espécies repelentes e atrativas

 O controle de pragas também pode ser feito pela plantação de espécies atrativas em meio a repelentes. Como isso é feito?

Algumas plantas, como a tagete, são repelentes naturais contra pragas da horta. Isso é um motivo óbvio, mas você deve estar se perguntando: por que eu plantaria exemplares atrativos em minha horta, se quero afastar as pragas?

Porque, dessa forma, você mantém os visitantes indesejados nas outras plantas. A serralha é atrativa para pulgões, enquanto a capuchinha atrai a lagarta (a borboleta que colocará seus ovos). Se elas se contaminam, as outras plantas ficam saudáveis.

Usufrua suas ervas

Provavelmente você tem (ou terá) algumas ervas aromáticas em sua horta caseira. É importante podá-las para que a planta se fortaleça. Desta forma, você poderá usufruir de suas ervas, preparando infusões ou utilizando-as como temperos.

Se você deixar a planta sem poda, as folhas ficarão sem sabor ou aroma quando forem degustadas, além disso,  o vegetal não terá forças para combater os insetos.

Deixe suas plantas sob iluminação

A localização de sua horta também interfere no controle das pragas. As plantas precisam de quatro a cinco horas de iluminação direta por dia para que se fortaleçam e sintetizem suas propriedades gustativas (aroma e sabor) e medicinais.

Caso não recebam iluminação adequada, os vegetais orgânicos ficarão enfraquecidos e espigados, sem as características esperadas.

Alimente o solo

Um solo saudável também interfere contra a infestação de pragas nos vegetais de hortas caseiras. Afinal, é dele que as plantas retiram seus nutrientes para que possam se desenvolver de forma saudável.

Se o solo for ruim, com pragas, doenças, falta de hidratação ou nutrientes, os vegetais não conseguirão se defender e ficarão enfraquecidos. O ideal é que a terra seja regada com moderação e adubada a cada quarenta dias.

Plante espécies afins

Além de promover a diversidade em sua horta, você também poderá fazer o controle de pragas em vegetais orgânicos ao cultivar espécies afins. Isto é, que se ajudam, que se fortalecem quando estão próximos. Exemplos: cebolinha e couve, alecrim e louro.

Faça experiências e pesquisas para saber o que combina ou não. Com o tempo, você também aprenderá na prática quais plantas são amigas.

Use inseticidas orgânicos

Se a situação já saiu do controle em sua horta e você não vê outra solução a não ser um inseticida, utilize um inseticida natural, como por exemplo, o óleo de nim. É possível fazer inclusive uma mistura caseira, com alho, pimenta e sabão.

Para lagartas e pulgões, recomenda-se que as pragas sejam retiradas manualmente. Assim, você poderá colher seus vegetais orgânicos frescos e saudáveis.

X